A podoposturologia é o campo da fisioterapia que estuda as alterações posturais através da análise dos pés. Essa técnica, de origem francesa, auxilia na prevenção e no tratamento terapêutico através da prescrição de palmilhas posturais e mecânicas.

  As palmilhas estimulam a pele do : As informações necessárias para a regulação da postura estática e dinâmica também são decorrentes da planta dos pés. Portanto, as palmilhas estimulam os neurorreceptores da pele na região plantar e como resposta ocorre uma reprogramação na estratégia postural.

  O que diferencia as palmilhas posturais das ortopédicas:

  As palmilhas descritas como ortopédicas tem sua atenção voltada exclusivamente ao . Buscam a solução dos problemas localizados nos pés sem levar em conta a sua influência na postura corporal. Já as palmilhas posturais levam em conta outras partes do corpo, o posicionamento dos joelhos, quadril e o equilíbrio da coluna vertebral. Em razão disso, temos um reposicionamento total do corpo que leva ao melhor equilíbrio e alinhamento.

Caption

  Tratamento com podoposturologia é constante:

Este tipo de tratamento necessita de acompanhamento constante. O atendimento é individual. O tratamento não é feito isoladamente com palmilhas. Ele sempre é complementar aos tratamentos médicos, fisioterapêuticos, odontológicos ou podológicos. Outras técnicas estão associadas.

Objetivo das Pamilhas:

A podoposturologia tem como objetivo prevenir e tratar os transtornos da postura e do equilíbrio por intermédio dos receptores do . É indicada a todos os indivíduos que têm dificuldade de permanecer em pé ou sofrem nessa postura.

O nosso corpo possui muitos receptores, que são responsáveis por avisar o nosso cérebro de como está o nosso corpo no espaço e eles controlam as variações de tensão muscular e aos alongamentos. O cérebro processa a integração das informações deles mais as visuais, vestibulares, cervicais, auditivas e as do aparelho locomotor e a partir disso molda nossa postura. A palmilha postural possui o objetivo de melhorar essas informações para que nosso cérebro consiga realinhar e melhorar nossa postura.

Indicação de uso das palmilhas posturais proprioceptivas:

•Sintomatologia intrínseca do pé (dores, entorses seguidas, tendinites);
•Dores músculo tendíneas do membro inferior (dores nos pés, joelhos, quadril);
• Dores da coluna vertebral (lombalgias crônicas, escolioses, desvios posturais).

Podem ser tratadas também pelas palmilhas posturais proprioceptivas:

• Metatarsalgias;
• Fasceítes plantares;
• Esporão de calcâneo;
• Neuroma de Morton;
• Pé cavo e pé plano, pé pronado (pé valgo) ou supinado (pé varo);
• Diferença de comprimento dos membros inferiores;
• Hálux valgo (joanete);
• Canelite;
• Pés diabéticos;
• Tendinites e entorses dos membros inferiores.
• Escolioses;
• Dores na coluna devido a problemas posturais.

Fonte: http://www.rsaude.com.br/francisco-beltrao/materia/podoposturologia/8279