Técnica de origem francesa criada para reeducar e realinhar a estrutura do corpo é denominado podoposturologia. O funcionamento da técnica se baseia na correção da origem dos desequilíbrios encontrados no corpo. Com o auxilio da palmilha pacientes tem encontrado de forma rápida e eficaz a melhora nos tratamentos seja ele por lesão ou má postura.

PODOPOSTUROLOGIA NO AUXILIO DA RECUPERAÇÃO DE ATLETAS
Caption

Foi o caso do atleta Francisco Luiz Viana Neto de 29 anos que após participar de uma prova de Triathlon que lhe custou bastante esforço físico, começou a sentir fortes dores no joelho “no inicio achei que era uma lesão por fadiga e com repouso iria curar, como já aconteceu outras vezes, mas em regiões diferentes do meu corpo”. 

Como a dor persistiu mais que o normal o atleta procurou ajuda especializada e acabou por conhecer a podoposturologia. Seus exames não eram nada satisfatórios e Neto chegou a pensar que não conseguiria voltar para o esporte. Com cinco meses de tratamento o atleta voltou a treinar sem sentir o incomodo de antes e ressalta “era como se nunca tivesse tido lesão”. Em três meses já estava em boa forma e retornou as competições.

Conquistou o campeonato Brasileiro e Duathlon, na elite. No mês passado foi a Colômbia disputar o Pan Americano de Duathlon e conseguiu o quinto lugar. Esta se preparando para a etapa Powerman, um circuito de Duathlon longo e o mundial de Duathlon em Adelaide, na Australia.

A palmilha tem sido uma grande aliada no tratamento de atletas seja ele profissional ou amador, pois ajuda a reduzir em 49% da probabilidade de lesões, além de promover a reeducação postural o uso das palmilhas pode solucionar problemas visuais e ainda reversíveis proporcionando bem estar e qualidade de vida que atletas precisam. 

 

Thais Cazado

Assessoria de Comunicação